«

»

mar 21 2013

Imprimir Post

Entendendo noticiário sobre previsão de prejuízos do Grande Terremoto na faixa de Nankai.

entendendo noticiario sobre prejuizos previstos em caso de Grande terremoto na faixa de Nankai.Dia 19/03/2013 foi divulgado pela mídia japonesa um relatório elaborado por pesquisadores a pedido do governo sobre previsão de prejuízos no caso de acontecer o Grande terremoto da faixa de  Nankai.

O site da Alternativa Online publicou um artigo com detalhes, e faremos um resumo para fácil compreensão.

O “Grande Terremoto da Faixa de Nankai“, um dos vários abalos sísmicos que podem acontecer no Japão, causaria prejuízos de 220,3 trilhões de ienes, ou 42 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) japonês, segundo um novo estudo do governo.

O terremoto de Nankai, na pior das hipóteses, com magnitude de até 9,1 graus, causaria um impacto econômico 10 vezes maior do que a tragédia de 11 de março de 2011, que teve intensidade de 9,0.

O estudo observou que um terremoto dessa grandeza ocorre uma vez por milênio. Foram feitos ainda cálculos alternativos para mostrar que medidas de prevenção poderiam reduzir os prejuízos pela metade, para 118,3 trilhões de ienes.

 

Faixa de Nankai
Faixa de  Nankai é uma espécie de falha(calha) no fundo do mar, seguindo em uma extensão de 700 quilômetros pela costa desde a ilha de Shikoku até Shizuoka.
無題
Grande Terremoto da Faixa Nankai
Seria a ocorrência simultânea de três grandes terremotos: Tokai (東海地震 -Tokai Jishin), Nankai (南海地震 -Nankai Jishin) e Tonankai (東南海地震 -Tonankai Jishin)
⇒Saiba mais sobre o que é o Terremoto de Tokai, Tonankai e Nankai.
previsto-para-acontecer-em-30-anos

Este quadro se refere aos estudos do governo japonês divulgados em agosto de 2011, referente às datas previstas nos próximos 30 anos para  os terremotos na faixa de Nankai:

♦ Terremoto de Tokai : probabilidade de 60% – Magnitude M8,0
♦ Terremoto de Tonankai: probabilidade de 70% – Magnitude M8,1
♦ Terremoto de Nankai: probabilidade de 60% – Magnitude M8,4

jornal Asahi de 19.03.2013 facebook -3


Publicado Asahi Shinbun dia 19.03.2013

O quadro acima ilustra os últimos terremotos registrados na faixa de Nankai. Em 1605 e 1707, ocorreram simultaneamente os três grandes terremotos. Em 1854, em datas diferentes.

♦ útimo terremoto de Nankai foi registrado em 1946 (67 anos atrás)
♦ último terremoto de Tonankai foi em 1944 (69 anos atrás).
♦ último terremoto de Tokai foi registrado em 1854 (159 anos atrás), junto com o terremoto de Tonankai .

 

O terremoto de Nankai, na pior das hipóteses, com magnitude de até 9,1 graus, causaria um impacto econômico 10 vezes maior do que a tragédia de 11 de março de 2011, que teve intensidade de 9,0.

Estimado prejuizos de mais de 220,3 trilhões de yen

 

jornal Asahi de 19.03.2013 facebook -4

Publicado no Asahi Shinbun dia 19/03/2013

No quadro acima, publicado no Jornal Asahi, uma visão geral, dos prejuízos por região, totalizando ¥220,3 trilhões, correspondente a US$ 2,33 trilhões.

Abaixo, o quadro publicado pelo Jornal Yomiuri, prejuízos estimados por províncias. Os maiores prejuízos seriam em Aichi, Osaka, Shizuoka, Mie, Ehime, Kochi. Somente a região de Tokai (Shizuoka, Aichi, Mie, GIfu) representariam mais de 30% dos prejuízos gerados em todo Japão. Os valores abaixo no gráfico estão em trilhões de yen.

Yomiuri 20.03.2012

Publicado Yomiuri Shinbun dia 20/03/2013

O jornal Asahi também fez menção sobre os prejuizos estimados de 6,1 trilhões de yen devido à interrupão do sistemas de transporte e cerca de 44,7 trilhões de yen devido a inviabilidade de produção e serviços.jornal Asahi de 19.03.2013 facebook6

Prejuizos estimados na interrupção e danos causados no sistema de transporte 6,1 trilhões de ienes

Prejuizos estimados na interrupção de fornecimento de produtos e serviços 44,7 trilhões de ienes

Outros números divulgados:

Yomiuri 20.03.2012.-3

publicado no Jornal Yomiuri de 20.03.2013

jornal Asahi de 19.03.2013 facebook8

Cinco aeroportos – Chubu (Aichi), Kansai (Osaka), Kochi, Oita e Miyazaki – ficariam inundados ou parcialmente cobertos pelo tsunami.

Sobre o número de vítimas

 Em Agosto de 2012, quando foi publicado outro relatório do governo japonês, o jornal Chunichi Shinbun divulgou um quadro com estimativa de vítimas prevists de até 323 mil pessoas, sendo que 230 mil seriam causadas pelo tsunami, 82 mil pelo desabamento de construções e 10 mil por incêndio. Estes números seriam 17 vezes maior que o terremoto de Tohoku em 11 de Março. No quadro abaixo a previsão de vítimas por província.
previsao-de-vitimas-em-caso-de-tokai-jishin-Tokyo-Shinbun-de-30.08.2012

traduzindo : Vítimas projetadas por província

Miyazaki 34.000

Oita 9.300

Ehime 11.000

Kochi 25.000

Kagawa 2.600

Tokushima 12.000

Wakayama 35.000

Osaka 4.500

Nara 1.700

Mie 43.000

Aichi 23.000

Shizuoka 109.000

Kanagawa 2.900

Tokyo 1.500

Chiba 1.600

Hyogo 2.800

Okayama 1.200

Kyoto 800

A província mais atingida, segundo o levantamento, seria Shizuoka, com 109 mil mortes e 623 mil feridos, além de 330 mil pessoas que precisariam ser socorridas por ficarem presas nos escombros. Em Shimoda, sul da península de Izu (Shizuoka), o tsunami poderia chegar a 33 metros de altura.
O estudo prevê tsunami com ondas de até 34 metros de altura na costa do Pacífico, englobando a região que vai de Kyushu (sul do Japão) até Kanto. Ondas do tsunami superiores a 30 metros de altura  em Shizuoka e prefeituras Kochi, levando a danos de ¥ 19,9trilhões e 10,6 trilhões de ienes, respectivamente.
No Jornal de Shizuoka, foi publicado dia 30/08/2012, uma estimativa de tsunami em caso de ocorrência de grande terremoto na região.
Cidade ondas em Cidade  ondas em 
Shimoda 33 Shizuoka Suruga-ku 13
Minami Izu 26 Iwata 12
Omaezaki 19 Izu 11
Matsuzaki 16 Shizuoka Shimizu -ku 11
Hamamatsu Minami-ku 16 Yaizu 11
Kosai 16 Ito 10
Nishi Izu 15 Numazu 10
Higashi Izu 14 Fukuroi 10
Makinohara 14 Yoshida 9
Kakegawa 14 Fuji 6
Hamamatsu Nishi-ku 14 Atami 5
Kawazu 13

Fonte : Jornal de Shizuoka

 

O terremoto de Nankai, na pior das hipóteses, com magnitude de até 9,1 graus, causaria um impacto econômico 10 vezes maior do que a tragédia de 11 de março de 2011, que teve intensidade de 9,0.
 
Com o lançamento das estimativas de danos econômicos, o governo japonês deve acelerar os esforços para mapear a plataforma básica para medidas de gestão de desastres.
Desastres naturais, terremotos, maremotos, tufões vem quando inesperado. Embora não seja possível eliminar o desastre, você poderá se prevenir para reduzir um dano maior, assim como governos, polícia, e outras entidades procurarão as medidas possíveis para sobrevivência sem causar muitos prejuizos materiais e humanos ao Japão.
Leituras recomendadas para melhor entender o terremoto da falha de Nankai
Fonte:

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=10386

1 comentário

  1. olinda de azevedo marques

    Como esta sendo de uma utilidade encrivel a pag de vcs sobre esclarecimento para nos que queremos fiucar a par do que se passa aqui onde residimos eu sou somente elogios para com vcs muito boa materia com coisas devidamente apresentaveis e compreenciveis muito bem editado e explicado.Tenho muito a agradecer-lhes por se empenharem em nos ajudar de uma maneira inteligente! Obrigada e felicidades a vcs e irei recomenda-los ! bye bye

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »