«

»

jan 24 2012

Imprimir Post

Medo do Jishin? Porque devemos nos preparar para terremotos?… Grande terremoto de Kanto, Tokai, Tonankai, Nankai

Dia 23/01/2012 foi anunciado em toda a mídia japonesa e internacional: Tóquio tem chance de 70% de ocorrer um forte terremoto dentro de quatro anos. Chances da capital japonesa de um terremoto de magnitude 7 dentro de 30 anos são de 98%, de acordo com a Universidade de Tóquio.

Para qualquer pessoa que se deparar com um artigo contendo este título, a primeira reação é MEDO. Afinal de contas, ainda não se passou um ano após o trágico terremoto e tsunami de TOHOKU do dia 11 de março …

MEDO e PÂNICO são as reações naturais do ser humano frente às catástrofes naturais, porém é NECESSÁRIO estar preparado para sobreviver! E a população japonesa já convive com estes desastres há séculos. Desde que nasceram, as crianças são treinadas para sobreviver aos terremotos.

Este é um momento para que todos os moradores do Japão, independente se são japoneses ou estrangeiros, revejam suas condições de sobrevivência em caso de terremoto. Independente se moram na cidade, nas montanhas, à beira mar.

Sempre citei este exemplo nos treinamentos contra terremotos na empresa:

Imagine um japonês, graduado em karate, executivo que visita o Brasil pela primeira vez. Sai para um passeio sozinho, sem saber falar o idioma português. Num dado momento, o relógio e o iphone que portava chamou a atenção de algumas pessoas mau encaradas. Era um assalto! O que acontecerá se este japonês reagir ao assalto confiante nas técnicas de defesa pessoal que conhece? Provavelmente não sobreviverá para contar a estória…
Mas porque os brasileiros conseguem sobreviver? Porque sabem quais as atitudes que podem ou não comprometer sua vida no caso de ser envolvido num assalto. Também por PREVENÇÃO, não andam nas ruas sozinhos com relógios caríssimos, esbanjando posse e fortuna. Estas e outras medidas ajudaram a conviver com mais segurança, protegendo sua vida…

O mesmo acontece com os estrangeiros no Japão, sabendo ou não falar o idioma, é necessário ter consciência de que este país é um lugar que TEM TERREMOTOS COM FREQUÊNCIA, está também sujeito a outros desastres naturais como vulcão, tufão, maremotos. E como um assalto no Brasil, aqui estamos sujeitos a qualquer momento a terremotos. Por isso, ficar com medo não ajudará em nada.

Silvia Kikuchi, jornalista e apresentadora do JPTV, citou no twitter: ”Antes, ter medo de terremotos do que encarar como brincadeira. Mas nunca deixe que o medo vença. Preparo, preparo, preparo…” Este deve ser o pensamento correto para enfrentar e sobreviver ao terremoto. Atitude preventiva!

Quais as atitudes preventivas necessárias para sobreviver ao terremoto?

Em l° lugar, ter sempre este pensamento: Se aqui, neste momento, acontecer um terremoto, o que eu posso fazer para garantir minha segurança?
Em 2º lugar: Se acontecer agora um grande terremoto onde procurar refúgio, abrigo?
Em 3º lugar: Como entrar em contato com os familiares e amigos? Como se informar da segurança de todos?
Em 4º lugar: Estar preparado para vida em abrigo, ou pelo menos, passar alguns dias sem água, luz e gás. Isto também significa estoque de água e comida.

Na internet atualmente muitos sites de Prefeituras que tem concentração de estrangeiros, tem publicado diversos artigos sobre prevenção de terremoto.
Leiam estes artigos e executem todas as instruções necessárias. Estar informado, estar atualizado e estar prevenido faz a grande diferença!

O texto abaixo é um resumo dos seguintes artigos: Tokyo ‘has 70% chance of powerful earthquake within four years’ – escrito Justin McCurry, publicado no site guardian.co.uk no dia 23/01/2012 (inglês) e Pesquisadores afirmam que Tóquio pode sofrer grande terremoto publicado no site do Estado de São Paulo, na mesma data.

A ocorrência de um grande terremoto em Tóquio nos próximos anos é muito mais provável do que prevê o governo, disseram pesquisadores da Universidade de Tóquio nesta segunda-feira, 23, alertando empresas e indivíduos para que se preparem para tal evento.

Especialistas do Instituto de Pesquisas de Terremotos da Universidade de Tokyo advertiram que as chances de um forte terremoto nos próximos quatro anos pode ser tão alta quanto 70%, um cenário mais preocupante a cidade e 13 milhões e pessoas do que o previsto pelo governo.

O Instituto prevê nas pior das hipóteses um terremoto de magnitude 7 que atingirá a parte sul da área metropolitana de Tokyo até 2016, enquanto as chances de um desastre semelhante ocorrer dentro de 30 anos são tão elevados como 98%. O governo, por outro lado, estima a possibilidade de um grande terremoto na capital em 70% nas próximas três décadas.

O aviso vem menos de um ano depois de um terremoto de magnitude 9, que provocou um tsunami que deixou cerca de 23 mil pessoas mortas ou desaparecidas. O terremoto de 11 de Março, o maior registrado na história do Japão,  e o tsunami que se seguiu, desencadeou um colapso na usina nuclear de Fukushima Daiichi, forçando a evacuação de dezenas de milhares de residentes, desencadeando cortes de energia e vazamentos de radioatividade.

Embora os edifícios mais novos em Tokyo sejam construídos para suportarem terremotos, um grande abalo na cidade tem o potencial de causar danos generalizados. Um estudo do governo afirma que um tremos de magnitude 7,3 no centro da Baía de Tokyo causaria cerca de milhares de morte e destruiria aproximadamente 850 mil edifícios, embora um pesquisador da Universidade de Tokyo tenha dito ser difícil prever o impacto de um grande terremoto na cidade.

Shinichi Sakai, um professor associado do Instituo de Pesquisa disse que as chances de um terremoto de magnitude 7 acontecer em Tokyo aumentaram desde o tremor de 11 de Março. ”O governo, indivíduos e empresas desem se preparar para isso.”

Uma autoridade do governo disse que a estimativa da Universidade de Tokyo se bseou em um modelo diferente. Os cálculos da Universidade levam em conta o aumento da atividade sísmica desde março, enquanto o governo utiliza dados mais antigos. Quintuplicou o número de tremores na área metropolitana de Tokyo desde o desastre de março, afirmou a equipe de pesquisadores, baseando seus cálculos em dados da Agência Meteorológica do Japão.

Tatsuo Hirano, Ministro encarregado da recuperação do desastre de março, citou a falta de graves danos aos edifícios de Tokyo e infra-estrutura de transportes em 11 de Março, como prova de que a cidade seria capaz de resistir a um terremto de grande escala diretamente abaixo ou nas proximidades.

Normas de segurança para edifícios melhorou após 1995, quando um terremoto em Kobe matou 6,400 pessoas, muitos dos quais soterrados em edifícios que desabaram ou queimaram.

O Grande Terremoto de Kanto, em 1923, teve magnitude 7,9 e matou mais de 140 mil pessoas na região de Tokyo. Sismólogos já disseram que outro tremos deste tipo poderá atingir a cidade a qualquer momento.

O Japão, situado no ”Anel de Fogo”- um arco de vulcões e valas oceânicas que circundam em parte a bacia do Pacífico – responde por cerca de 20% dos terremotos de magnitude 6 ou mais em todo o mundo.

O  vídeo abaixo( 22 minutos), não traz referências ao último terremoto de  apesar de um pouco longo de Março, pois foi editado há alguns anos atrás , explica em detalhes como é o mecanismo do Terremoto. Como e porque ocorrem Terremotos. Porque o Japão é o país dos terremotos.

Também faz uma explanação sobre as medidas que o governo japonês vem adotando nestes últimos anos, principalmente depois de ocorrido do terremoto de Kobe, que causas tantas vítimas e destruições.

*1*

*2*

*3*

Se você considera que o seu nível de conhecimento sobre terremotos é bom, está na hora de começar a divulgar aos familiares, amigos, vizinhos, o que você já aprendeu e continuar se atualizando.

Em Kobe, muitas vidas foram salvas pelos próprios moradores locais, vizinhos, que se empenharam em retirar dos escombros, pois a equipe de salvamento chegaria depois de algumas horas. O treinamento, a simulação é muito importante nestas horas.

O próximo vídeo mostra a ocorrência de vários terremotos durante o ano de 2011. Preste atenção no mapa quando entra o mês de Março

*4*

Independente se um grande terremoto vai acontecer em Tokyo ou na região de Tokai ou Tonankai, todos devem saber, que um grande terremoto causa grandes transtornos para todo o Japão, afetando diretamente o cotidiano deste arquipélago, experiência que passamos neste último terremoto de Tohoku. Por isso, não importa onde você mora, desde que esteja no Japão, deve estar sempre alerta, informado e preparado.

*

Quer saber mais sobre Terremotos ? Recomendamos: Blog da Suriemuaqui tem  uma lista de artigos. E também os artigos abaixo:

O Mais Forte Terremoto do Japão Hoje – Lost in Japan
Entendendo – Alerta de Terremoto – TantouBlog
Vocabulários de Emergência – Tantou Blog
10 Frases para saber numa catástrofe – Tantou Blog
Canal Hamamatsu – Prevenção de Desastres
Portal Mie – Vários artigos sobre prevenção de terremoto
Site da NHK Nagoya em português
Site oficial do Governo de Shizuoka
Site official do Governo da Provincia de Shiga
Nagoya International Center- Manual de Prevenção de Catastrofes






Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=221

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »