«

»

out 25 2011

Imprimir Post

Stress? Dieta? Economia? Diversão? A bicicleta resolve… Saiba mais sobre os benefícios!

Benefícios da bicicleta para saúde física, mental, social, financeira e ambiental. Pedalar ajuda a prevenir problemas de saúde, preservar o ambiente, manter o bem-estar e a qualidade de vida e, de quebra, não estressar no trânsito. No Japão, milhões de pessoas utilizam como meio de transporte, ganhando mais adeptos para o exercício, passeio ou transporte… No Japão, a quantidade de bicicletas circulando pelas ruas é impressionante. Em qualquer ponto da cidade, vemos pessoas de todas as idades pedalando; crianças brincando, estudantes indo para escola, senhoras idosas indo para o supermercado e pessoas indo para o trabalho, desde operários das indústrias até executivos engravatados.

video –

video –

Pedalar ajuda a prevenir doenças, traz bem-estar e preserva o meio ambiente. Milhões de japoneses usam a bicicleta como seu principal meio de transporte. Para a saúde, as vantagens das pedaladas também têm peso considerável. A pessoa perde os quilos extras, ganha massa muscular, aumenta a capacidade cardiorrespiratória e sente um bem-estar incrível. E nem precisa tanto esforço. Se você for de bicicleta até o supermercado ou à kombini diariamente, já estará dando adeus ao sedentarismo e a todas as encrencas relacionadas a ele.

Para quem procura modelar o corpo, pedalar é ideal para enrijecer a musculatura do bumbum, da coxa, da panturrilha e do abdômen, regiões que acumulam aquela gordurinha indesejada. O fortalecimento muscular e a manutenção da força nos membros inferiores auxiliam também no futuro (terceira idade), evitando quedas indesejadas. Ao pedalar, você também aumenta sua coordenação motora, permitindo um controle maior sobre ações simultâneas. Estudos dizem que pedalar durante 01 (uma) hora consome 300 (trezentas) calorias, mais que dois copos de cerveja (126 – cento e vinte e seis – calorias cada) ou quase 02 (duas) barras de chocolate (170 – cento e setenta – calorias cada). Por exemplo, em 01 (um) ano, pedalando 15 (quinze) minutos por dia, cinco vezes por semana, seria o equivalente a queimar aproximadamente 05 (cinco) quilos de gordura.


O cérebro fica mais oxigenado, permitindo-lhe pensar melhor. O seu corpo segrega endorfinas, as hormonas que o fazem sentir-se melhor, o que pode tornar-se um vício (saudável de qualquer forma). Está provado que aqueles que andam de bicicleta regularmente sofrem menos doenças do foro psicológico como depressões, por exemplo. Pedalar é um dos melhores anti-depressivos naturais que existem. As endorfinas, também chamadas hormonas da felicidade, são geradas com a prática de exercício físico, de forma mais notável quando se passa mais de uma hora em cima da bicicleta.

Assim, já sabe: ponha o alarme do relógio para uma hora e não pare de pedalar até chegar aí. Mas se não se sentir bem, evite ultrapassar os limites já que provocará o efeito contrário no organismo Além de todo o benefício físico e ambiental, o ciclismo pode ser prazeroso para a mente. Pesquisas comprovam que pedalar reduz níveis de depressão e stress, aumentam o bom humor e a auto-estima. Se você ainda não se sentiu encorajada (o) para pedalar, fique sabendo que andar de bicicleta em grupo aumenta o nível social e encoraja o convívio saudável e prazeroso entre grupos de pessoas. Ao optar pela bicicleta como meio de transporte, nosso personagem evita o estresse dos intermináveis engarrafamentos, espanta o sedentarismo e previne um monte de doenças. Sorte também do meio ambiente, você deixa de lançar no ar em um só dia 6 quilos de gás carbônico a cada 30 quilômetros a distância média que uma pessoa motorizada percorre numa grande cidade

 

Benefícios da bicicleta para a saúde 

    • 50% de redução no risco de desenvolver doenças cardíacas coronárias;
    • 50% de redução no risco de desenvolver diabete adulta;
    • 50% de redução no risco de se tornar obeso;
    • 30% de redução no risco de desenvolver hipertensão;
    • Declínio de 10/8mm Hg na pressão sangüínea em assuntos de hipertensão (um efeito similar àquele obtido por drogas anti-hipertensão);
    • Redução da osteoporose;
    • Alívio dos sintomas de depressão e ansiedade;
    • Prevenção de quedas na terceira idade;
    • Estímulo aos músculos das vétebras dorsais (costas), coxas e glúteos;
    • Estímulo ao sistema imunitário e aumento do número de glóbulos brancos;
    • Diminuição do mau colesterol e da obesidade;
    • Terapia para depressão, estresse, violência, déficit de atenção e ansiedade.

 

 

Antes de pedalar, check sua saúde !

O primeiro passo é ir a um médico para que ele possa avaliar sua situação em particular. Depois de passar no teste é a vez dos cuidados com os equipamentos. É muito importante sempre usar capacetes, luvas, tênis e roupas leves. Utilize também, se for andar a noite, acessórios que refletem a luz dos carros. Se você for inexperiente no ramo do ciclismo, comece por lugares mais tranqüilos, como parques, praças e outros lugares com menor movimento de carros. E lembre-se, você conhece os limites de seu corpo, respeite-os.

Como em qualquer esporte, a única restrição seria a sobrecarga, o exagero. Por isso, não é possível uma pessoa que nunca faz exercícios, de uma hora para outra, resolver ir todo dia para o trabalho de bicicleta. “Andar numa rua movimentada é complicado e requer mais agilidade por causa dos carros. Se você pedala com muito sacrifício ou está exausto, o risco aumenta. A confiança é muito importante e a agilidade só se cria com a prática”, diz o médico fisiologista Paulo Zogaib, 47, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)

Fonte: Embarq Brasil, Estética Brasil, Bicicletada

PCDV – Passeio Ciclistico Dos Velhinhos

Um grupo de amigos, moradores de Okazaki, há muitos anos se reunem para pedalar, como uma forma de exercício, desconcontração e relacionamento social. Tem dado tão certo que já chegaram a organizar passeios de Okazaki  há várias cidades de Aichi, e também até Nagashima (Mie), em Hamamatsu (Shizuoka). Estes passeios deram origem a diversos videos deste grupo, que são filmados, editados e narrados por Marcelo Kayo. Quem quiser conhecer mais sobre as atividades do PCDV podem acessar o perfil no Facebook aqui

Veja alguns videos:

**

**

**

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=421

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »