«

»

ago 18 2013

Imprimir Post

Prevenção do câncer da mama no Japão. Dia nacional de exames de Mamografia 20/10.Relação de hospitais.

Inicia-se mais um Outubro Rosa, o mês de mobilização em todo o mundo para a detecção precoce do câncer de mama.

O movimento Outubro Rosa surgiu na Califórnia, nos Estados Unidos, em 1997, e espalhou-se pelo mundo todo, com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, o que aumenta as chances de cura da doença.

No Japão, mais de 10 mil mulheres perdem a vida todos os anos por câncer de mama. Apenas 20% fazem o teste, um dos indices mais baixos entre os países desenvolvidos.

Segundo a Associação Japonesa de Cancer de Mama, em mais de 90% dos casos descobertos na fase inicial, a cura é possível. Mesmo com o recente progresso de descoberta precoce e tratamentos aperfeiçoados, o câncer de mama é terceira maior causa de morte para mulheres nos E.U.A.

 O câncer de mama é a maior causa de morte entre as mulheres brasileiras, principalmente na faixa entre 40 e 69 anos, com mais de 11 mil mortes/ano, segundo dados oficiais. Lamentavelmente, segundo estimativas do Inca, mais de 49 mil novos casos de câncer de mama devem ser confirmados no Brasil em 2011.

Como são as mamas?

As mamas (ou seios) são glândulas e sua função principal é a produção de leite. Elas são compostas de lobos que se dividem em porções menores, os lóbulos, e ductos, que conduzem o leite produzido para fora pelo mamilo.

Como todos os outros órgãos do corpo humano, também se encontram nas mamas vasos sanguíneos, que irrigam a mama de sangue, e os vasos linfáticos, por onde circula a linfa. A linfa é um líquido claro que tem uma função semelhante ao sangue de carregar nutrientes para as diversas partes do corpo e recolher as substâncias indesejáveis.

Os vasos linfáticos se agrupam no que chamamos de gânglios linfáticos, ou ínguas. Os vasos linfáticos das mamas drenam para gânglios nas axilas (em baixo dos braços) na região do pescoço e no tórax.

 

O que é câncer de mama?

O câncer de mama ocorre quando as células deste órgão passam a se dividir e se reproduzir muito rápido e de forma desordenada. Câncer de mama é o desenvolvimento anormal das células do seio. Estas células crescem e substituem o tecido saudável.

Câncer de mama é uma doença tratável. A descoberta precoce é a chave para sobreviver ao câncer de mama. O câncer normalmente começa com um pequeno nódulo que, com o tempo pode crescer e se espalhar para áreas próximas, como os músculos e pele, assim como nódulo de pus sob o braço. Principalmente o tumor pode se espalhar para órgãos vitais como fígado,cérebro, pulmão e espinha.

Pesquisadores da Universidade Tokyo descobrem que o consumo de soja e lactobacilos é eficaz na prevenção do câncer da mama. O isoflavonoide presente na soja ajuda a equilibrar a produção de hormônios. No Japão são registrados 50 mil novos casos por ano, grande parte causados por descuido na alimentação e ritmo de vida. A pesquisa acompanhou 968 mulheres .

(fonte: http://mainichi.jp/feature/news/20130923ddm010100021000c.html)

cancer da mama

(fonte: http://mainichi.jp/feature/news/20130923ddm010100021000c.html)

Fatores de risco:

    • Idade acima de 50 anos
    • História própria ou familiar de câncer de mama
    • Não ter filhos
    • Exposição significativa a raio X
    • Primeira menstruação cedo
    • Menopausa tardia
    • Classe socioeconômica alta
    • Primeira gestação após os 30 anos
    • Dieta rica em gorduras
    • Fumar
    • Terapia hormonal (estrogenio)
    • Uso excessivo de álcool
    • Obesidade
    • Uso prolongado de anticoncepcional oral (ainda é discutível)

Quais são os sintomas?

O câncer de mama normalmente não dói. A mulher pode sentir um nódulo (ou caroço) que anteriormente ela não sentia. Isso deve fazer ela procurar o seu médico. O médico vai palpar as mamas, as axilas e a região do pescoço e clavículas e se sentir um nódulo na mama pedirá uma mamografia.

A mulher também pode notar uma deformidade na suas mamas, ou as mamas podem estar assimétricas. Ou ainda pode notar uma retração na pele ou um líquido sanguinolento saindo pelo mamilo. Nos casos mais adiantados pode aparecer uma “ferida” (ulceração) na pele com odor muito desagradável.

No caso de carcinoma inflamatório a mama pode aumentar rapidamente de volume, ficando quente e vermelha.

Na maioria dos casos, a mulher é a responsável pela primeira suspeita de um câncer. É fundamental que ela conheça as suas mamas e saiba quando alguma coisa anormal está acontecendo.

As mamas se modificam ao longo do ciclo menstrual e ao longo da vida. Porém, alterações agudas e sintomas como os relacionados acima devem fazer a mulher procurar o seu médico rapidamente. Só ele pode dizer se estas alterações podem ou não ser um câncer.

Na maior parte das vezes o primeiro sinal do câncer de mama é um pequeno nódulo no seio. O nódulo é geralmente indolor que pode crescer lenta ou rapidamente. Outros sintomas do câncer de mama incluem:

– Mudança de cor, reentrâncias, enrugamentos, ou elevação da pele em uma área do seio
– Uma mudança do tamanho ou formato do seio
– Secreção no bico do seio
– Um ou mais nódulos nas axilas

Como é diagnosticado?

Para descobrir o câncer de mama o mais rápido possível, você deverá, a partir do momento que tiver idade suficiente para ter exames ginecológicos anuais:

Fazer um auto exame mensal.  A melhor época é logo após a menstruação. Para as mulheres que não menstruam mais, o auto-exame deve ser feito num mesmo dia de cada mês, como por exemplo, todo dia 10.

Fazer exame médico pelo menos uma vez ao ano

Fazer uma mamografia entre 35 a 39 anos de idade. A partir daí, após os 40 a cada 1 ou 2 anos, de acordo com o programa recomendado pelo seu médico. A partir dos 50 anos, você deve fazer uma mamografia a cada ano. Se você apresentar características de alto risco de câncer de mama, você deve começar a fazer mamografias regulares aos 35 anos ou menos.

Não ignore um nódulo ou mudança na aparência ou sensação do seio. Lembre-se que o tumor cancerígeno é normalmente indolor. A maior parte dos nódulos não são câncer.

Na maioria das vezes eles são cistos com fluidos no tecido do seio que aumentam e diminuem com o ciclo menstrual. Mas todo nódulo deve ser avaliado.A avaliação normalmente envolve:

– um exame médico
– uma mamografia
– uma biópsia de agulha ou cirúrgica

 

Como é tratado?

Os possíveis tratamentos cirúrgicos são lobectomia (remoção somente do tecido cancerígeno) ou mastectomia (remoção completa do seio). Outros tratamentos possíveis são a radiação e a quimioterapia, estes tratamentos podem ser usados isolados ou em combinação.

Como posso me cuidar?

A maior parte dos tumores são encontrados pelas próprias mulheres. Quanto mais as mulheres fizerem o auto-exame regular, mais o câncer será constatado prematuramente. Como a mamografia e outras tecnologias aperfeiçoam-se, o câncer tem sido detectado antes mesmo de sua existência ser sentida ou suspeita. Detecção prematura aumentam grandemente as chances de sobrevivência e facilitam o êxito do tratamento. Para detectar o câncer prematuramente faça um auto-exame mensalmente ou faça mamografias anuais a partir dos 50 anos.

Algumas dicas para prevenção

Ingerir bebida alcoólica em excesso está associado a um discreto aumento de desenvolver câncer de mama. A associação com a bebida de álcool é proporcional ao que se ingere, ou seja, quanto mais se bebe maior o risco de ter este câncer. Tomar menos de uma dose de bebida alcoólica por dia ajuda a prevenir este tipo de câncer (um cálice de vinho, uma garrafa pequena de cerveja ou uma dose de uísque são exemplos de uma dose de bebida alcoólica).Se beber, portanto, tomar menos que uma dose por dia.

Mulheres obesas têm mais chance de desenvolver câncer de mama, principalmente quando este aumento de peso se dá após a menopausa ou após os 60 anos. Manter-se dentro do peso ideal (veja o cálculo de IMC), principalmente após a menopausa diminui o risco deste tipo de câncer.

Seguir uma dieta saudável, rica em alimentos de origem vegetal com frutas, verduras e legumes e pobre em gordura animal pode diminuir o risco de ter este tipo de câncer. Apesar dos estudos não serem completamente conclusivos sobre este fator de proteção, aderir a um estilo de vida saudável, que inclui este tipo de alimentação, diminui o risco de muitos cânceres, inclusive o câncer de mama

Exercício físico normalmente diminui a quantidade de hormônio feminino circulante. Como este tipo de tumor está associado a esse hormônio, fazer exercício regularmente diminui o risco de ter câncer de mama, principalmente em mulheres que fazem ou fizeram exercício regular quando jovens

Amamentar, principalmente por um tempo longo, um ano ou mais somado todos os períodos de amamentação, pode diminuir o risco do câncer de mama

Em japonês:

Câncer da Mama –   乳がん - Nyuugan

Mamografia  –  マモフラフィ – Mamogurafi

Ginecologista –  産婦人科 -  Sanfujinka

Mentruação  –   生理 –   Seiri

Menopausa  –   閉経 – Heikei

Nódulo  –           しこり - Shikori

Auto-exame (palpação) – 触診 – Shokushin

 

 

 Lista de hospitais que fazem mamografia no dia 20/10 domingo.                                     http://jms-pinkribbon.com/index.html (use translator)

Este é um projeto da JMS  de prevenção do câncer da mama, estabelecendo o terceiro domingo de outubro para que todas as mulheres que ocupadas no dia a dia, com trabalho, escola, afazeres domésticos, possam realizar o exame de prevenção em todos os hospitais do Japão.

Clique na sua província e abrirá uma página da homepage do Japan Mamograph Sunday com a relação de hospitais. O site está em japonês, poderá utilizar o translator. Recomendamos sempre telefonar antes para confirmar o exame.

 

 Hokkaido
 ♦ Aomori ♦ Akita ♦ Iwate ♦ Miyagi ♦ Yamagata ♦Fukushima
 ♦ Tóquio ♦ Kanagawa ♦ Gunma ♦  Saitama ♦ Chiba ♦ Ibaraki ♦ Tochigi ♦ Yamanashi
 ♦ Niigata ♦ Ishikawa ♦ Toyama
 ♦  Aichi ♦ Gifu ♦ Shizuoka ♦ Nagano ♦ Mie 
 ♦ Osaka ♦ Quioto ♦ Nara ♦ Hyogo ♦ Wakayama ♦ Shiga
 ♦ Okayama ♦ Tottori ♦ Shimane ♦ Hiroshima ♦ Yamaguchi ♦ Kagawa ♦ Tokushima ♦ Ehime ♦ Kochi
 ♦ Fukuoka ♦ Saga ♦ Nagasaki ♦ Kumamoto ♦ Oita ♦ Miyazaki ♦ Kagoshima  ♦ Okinawa

Fonte: Boa Saúde,  ABC da Saúde IPC digital

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=455

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »