«

»

set 30 2011

Imprimir Post

Grande terremoto de Tokai e Tonankai são inevitáveis, virão com certeza! Vamos pensar e prevenir juntos!

A Tv japonesa NHK veiculou um programa com o título “Terremotos são inevitáveis”. Este programa teve foco na região de Aichi, onde o grande terremoto de TOKAI e TONANKAI estão previstos para os próximos anos e causarão grandes estragos. Foi editado há muitos anos atrás por isso não faz menção do Grande Terremoto de Tohoku do dia 11 de março de 2011, mas tem considerações sobre o risco de tsunami em caso de Tokai Jishin.

Este vídeo disponível na Prefeitura de Okazaki, durante muitos anos ajudou a esclarecer a comunidade brasileira nesta cidade. Atualmente veiculado pela YOU TUBE, tem tido um alcance maior ainda.

O importante é saber que o Tokai e Tonankai Jishin não são preocupações exclusivas de Shizuoka, Aichi e Mie. Todo o Japão terá consequências maiores ou menores em decorrência deste grande terremoto. Assim, a PREVENÇÃO é dever de todo cidadão que  mora no arquipélago japonês, em qualquer ocasião, pois terremotos não tem data prevista, podem acontecer a qualquer momento, em qualquer região, mesmo quando não estão previstos.

Foto de Gerson Hirata

 Conscientizar-se dos riscos. Prevenir-se. Divulgar para todos os amigos e familiares as informações. Estas três    ações

Postamos o vídeo para esclarecimento de todos. Como muitas pessoas não conseguem acompanhar a legenda em português e as imagens ao mesmo tempo, editamos abaixo o texto legendado no vídeo.

          NKH – Terremotos são inevitáveis

Quase todos os anos ocorrem terremotos no Japão. Depois do terremoto de Hanshin–Awaji de 1995 (Kobe) houve mais de 10 grandes terremotos. Eles acontecem a qualquer hora e em qualquer lugar. Uma das regiões de alto risco é a região Tokai. Terremotos de Tokai ou Tonankai podem atingir altas magnitudes de até 8 ou mais. Eles nem sempre ocorrem isolados. Podem ocorrer ligados a outros terremotos como o de Nankai. E os danos podem ser 10 vezes maiores que os de Hanshin-Awaji. Por atingir uma área maior, a dificuldade de salvamento será grande.

Como devemos nos preparar contra terremotos que ocorrem a qualquer hora?
Para isso, vamos conhecer melhor a respeito do próprio terremoto.

“Prevenir-se para não haver surpresas”

Estamos na sede do Governo de Aichi. Terremotos grandes que podem ocorrer em Aichi são Tokai e Tonankai. Vivenciamos o terremoto de Hanshin mesmo assim, sabemos tão pouco ainda. Conhecer o terremoto pode minimizar danos. Um grande terremoto pode vir amanhã. Vamos pensar e prevenir juntos.

Japão, o arquipélago do terremoto. Uma das regiões de maior risco é a região de Tokai. Os focos de terremoto em Tokai ficam nas costas de Suruga e Kamano, chamado de terremoto tipo “fossa oceânica”.
O arquipélado japonês fica sobre uma placa tectônica, que por baixo dela mergulha outra placa. Quando a tensão entre as placas chegar ao limite, a placa de cima salta, causando um terremoto gigante de magnitude 8.

Em Aichi, esses terremotos já ocorreram diversas vezes no passado. Na Era Edo, em 1605 aconteceu o Terremoto Keicho. Em 1707, o Terremoto Houei, considerado o maior terremoto da história. Em 1854, ainda no período Edo, o Terremoto de Tokai e Nankai. Entrando na era Showa, ocorreu em 1944, Terremoto de Tonankai e 1946, Terremoto de Nankai. Estes terremtos tem ocorrido num intervalo de 90 a 150 anos. O terremoto de Tokai que tem o foco na Baía de Suruga, não ocorre há mais de 150 anos, podendo ocorrer a qualquer momento.

A probabilidade de ocorrência nos próximos 30 anos é de 87% para o terremoto de Tokai, e 60% a 70% para o Tonankai


O mapa de escala sísmica, ilustra a intensidade do tremor em cada área. As áreas em laranja podem atingir escalas próximas de 6.
Este outro mapa analisa o terremoto de Tokai e Tonankai acontecendo juntos. Temos uma vasta área de escala próxima a 6. Nessa intensidade, mal conseguimos ficar de pé e as casas sofrem grandes danos.

As consequência do terremoto não são somente os danos causados pelos tremores. Nos terremotos de Tokai e Tonankai há o risco de Tsunami na região costeira. Tsunamis carregam muita água durante mais de 10 minutos, por repetidas vezes. No mapa, as linhas em vermelho são áreas de Tsunamis com ondas acima de 2 metros. Na península de Atsumi, o Tsunami pode vir 20 minutos após o terremoto. A região costeira deve se prevenir também contra Tsunami.

Estima-se que o terremoto de Tokai poderia causar em Aichi 270 mortes, destruição total de 12 mil casas e prédios.
Se o Terremoto de Tokai e Tonankai ocorrerem juntos poderá provocar 2.400 mortes, 98 mil casas e prédios totalmente destruídos.

Para prevenir, fixou-se áreas de alto risco, com escalas em torno de 6. Assim grande parte da província de Aichi engloba áreas de alto risco exigindo conscientização e prevenção dos moradores.

Estamos na Central de informação de desastres, na sedo do governo de Aichi. Informações sobre grandes terremotos são enviados para cá. A Central envia informações para as TVs, rádios e jornais, para nosso conhecimento. É o coração das informações sobre desastres em Aichi.

Vejamos como as informações são fornecidas na hora de um desastre. Numa ocorrência real, mais pessoas estarão na sala trabalhando. monitores mostram a distribuição dos danos e escalas sísmicas. Esse monitor mostra a situação do tráfego e acessos para o transporte de emergência. Temos também imagens de helicóptero. Através dessas imagens tomamos as necessárias medidas.

Dizem que o terremoto de Tokai é o único que pode ser previsto. E que devemos fazer na hora que for previsto um terremoto? Vejamos.

No momento, o terremoto de Tokai é o único com possibilidade de previsão. Captado indícios, o Instituto Nacional de Meteorologia dá “Informação de alerta”: as escolas serão fechadas e as crianças voltarão para casa. Os meios de transporte continuarão funcionando. As pessoas devem voltar às casas e se prepararem para eventual terremoto.

Havendo possibilidade real de terremoto será dada “Informação de previsão” e o governo fará o “COMUNICADO DE ALERTA”, que será divulgado imediatamente nas TVs e rádios. Sirenes nas ruas e carros de divulgação também avisarão os moradores.

Após o comunicado, quais são as medidas tomadas nas áreas de alto risco?
Meios de transporte: – trens, ônibus e taxis irão operar.
Tokaido Shinkansen no trecho de Nagoya/Shin Osaka continuará operando
Rodovias e vias expressas: restrição de entrada nos pedágios.
Bancos e correios – A princípio fechados, exceto caixas eletrônicos
Lojas e supermercados – fechados a princípio (alguns podem funcionar)
Hospital: não atenderá consulta de rotina

Porém as informações podem não ser fornecidas antes do terremoto. Casos em que os indícios não são detectados ou o terremoto ocorrer repentinamente podem dificultar a sua previsão ou aviso. O importante é estar bem prevenido.

Em Aichi, temos outros terremotos além dos de Tokai e Tonankai. Terremotos locais como o Hanshin-Awaji (Kobe) também são preocupantes. Terremotos locais são aqueles que tem o seu foco debaixo de uma área habitada. Em Aichi, temos várias falhas ativas que podem provocar terremotos locais.

A palavra chave de hoje é : “O terremoto é inevitável, com certeza virá”. Poderá acontecer a qualquer hora ou local, precisamos ter noção correta sobre o terremoto, para fazer provisões adequadas e agirmos com tranquilidade na hora do terremoto.

link do video  http://youtu.be/z_XwelKjt5A

*******************************************************************************************************

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=469

1 comentário

  1. teresa imai

    Leio atentamente seus artigos sobre terremotos e tsunamis. Principalmente , pelo conhecimento que tras. Moro na provincia de Shimane ken e nao consigo colocar esta provincia nos artigos. Estou entendendo errado? se puderem me ajudar, agradeço muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »