«

»

mar 01 2012

Imprimir Post

No Japão, Sakurajima ao sul do arquipélago, é um vulcão em atividade ainda…

Sakurajima, com 1.117m de altitude, situado ao sul do arquipélago localiza-se na província de Kagoshima.  A atividade vulcânica continua a ocorrer, despejando grandes quantidades de cinza vulcânica nos arredores do vulção. Erupções anteriores criaram uma área montanhosa de areias brancas na região. O site 373 News, mantem uma câmera 24 horas ao vivo registrando todos os movimentos do vulcão Sakurajima.

 

Vulcão Sakurajima, em Kagoshima, que registrou recorde de 996 explosões em 2011, continua bem ativo em 2012 (Asahi)

 

Algumas erupções recentes-  video

15.11.2011*

30,11,2011*

17,04,2010*

03,10,2009*

Erupção de 1914

A erupção de que começou dia 11 de janeiro  1914 foi a mais poderosa do século XX no Japão. O vulcão havia permanecido dormente durante mais de um século, até ao evento de 1914. Fluxos  de lavas encheram o estreito entre a ilha e o continente, transformando-os em uma península.

Quase todos os residentes haviam deixado a ilha nos dias anteriores, em resposta a vários sismos que os advertiram de que uma erupção era iminente. Inicialmente, a erupção foi bem explosiva, gerando colunas de erupção e fluxos piroclásticos, mas após um forte sismo em 13 de janeiro de 1914, que matou 35 pessoas, se tornou efusiva, criando um grande fluxo de lava. Fluxos de lava são raros no Japão—o alto conteúdo de sílica dos magmas na região fazem com que erupções explosivas sejam mais comuns—mas os fluxos de lava em Sakurajima continuaram por meses.

Torii na aldeia de Kurokami foi enterrado emcinzas vulcanicas após a erupção de 1914, 2m aproximadamente

A ilha cresceu, engolfando diversas ilhas menores próximas, e eventualmente se tornando conectada ao continente por um istmo estreito. Partes da baía de Kagoshima ficaram significativamente mais rasas, e as correntes marítimas foram afetadas, tornando-se mais altas.

A erupção inspirou parcialmente o filme de 1914 “Wrath of the Gods” (“A ira dos deuses”), centrando-se em uma maldição de família que ostensivamente causa a erupção.

Atividade vulcânica atual

A atividade vulcânica em Sakurajima se tornou mais proeminente em 1955, e o vulcão tem entrado em erupção quase que constantemente desde então. Milhares de pequenas explosões ocorrem a cada ano, despejando cinzas a alturas de até alguns quilômetros acima da montanha. O Observatório do Vulcão Sakurajima foi criado em 1960 para monitorar estas erupções.

O monitoramento do vulcão e previsões de grandes erupções são particularmente importantes devido a sua localização em uma área densamente povoada, com os 680 000 habitantes da cidade de Kagoshima somente a poucos quilômetros do vulcão. A cidade conduz testes de evacuação regulares, e diversos abrigos foram construídos para que as pessoas possam se refugiar dos detritos vulcânicos que possam cair.

Frente aos perigos que representa às populações próximas, Sakurajima recebeu a distinção de Decade Volcano (Vulcão da Década) em 1991, sendo identificado como merecedor de estudo particular como parte da Década Internacional para a Redução de Desastres Naturais das Nações Unidas.

Sakurajima faz parte do Parque Nacional de Kirishima-Yaku, e seus fluxos de lava são uma grande atração turística. A área ao redor de Sakurajima contém diversas estâncias turísticas de águas termais. Um dos principais produtos primários de Sakurajima é um enorme rabanete branco do tamanho de uma bola de basquetebol (sakuradaikon).

Em 10 de março de 2009, o vulcão Sakurajima entrou em erupção, espalhando detritos até 2 km de distância. Uma erupção era já esperada, após uma série de pequenas explosões no fim-de-semana. Supõe-se que não tenha havido nenhum dano devido a esta última erupção.

Este site  informa detalhes sobre o vulcão Sakurajima inclusive turismo, orientação para crianças, prevenção. Acesse http://www.qsr.mlit.go.jp em japonês e inglês.

Fonte:Wikipedia JapanWikipedia Brasil Relação de todos os vulcões do Japão ,

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=58

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »