«

»

jul 16 2012

Imprimir Post

Dicas para fotografar Shows Musicais – Miguel Funai: fotografia é a soma do aprendizado, da prática e da perseverança!

Este espaço especial está reservado para divulgar os clicks dos amantes da fotografia no Japão! Desde que nascemos, somos o protagonista de inúmeros clicks que nos seguirão no percorrer dos anos, nas escolas, nos passeios com a familia, com os amigos, namorados, no casamento, no nascimento dos filhos, netos. Fotos também nos acompanham no dia a dia, numa viagem, numa flor ou até mesmo numa formiga que encontramos no caminho. Para alguns, fotografar é profissão, mas para muitos é uma paixão, uma deliciosa e emocionante paixão!

Dicas para fotografar Shows Musicais .  Fotografia é soma do aprendizado, da prática e da  perserverança

Texto e fotos de Miguel Funai -Yatomi, Aichi

Ola a todos! Meu nome é Miguel Funai, fotógrafo da Illusion Photography e colaborador do Portal Mie, sendo neste um dos responsáveis pela seção Gata do Portal.

Desde criança me sentia atraído por câmeras fotográficas mas sem interesse profissional algum, simplesmente uma atração por um hobby que me agradava. Aos 17 anos de idade cheguei ao Japão em 1992. Acredito que como muitos aqui fiquei fascinado pela tecnologia e de certa forma com a facilidade de adquirir certos itens, e uma das minhas primeiras aquisições foi uma câmera fotográfica compacta.

Após alguns anos resolvi adquir uma Câmera SLR com (Single-Lens Reflex câmera com filme), na época ainda não existiam as câmeras digitais, e na ocasião  só a manuseava no modo automático.

Minha primeira máquina digital foi adquirida em 2004, ainda uma compacta e, em 2005 tive o primeiro contato com uma DSLR (Digital Single-Lens Reflex). Mas ainda com muito pouco conhecimento procurava ajuda com amigos e me restringia a tirar fotos sem motivação profissional, me desfiz da câmera.  Em meados de 2010 decidi comprar uma nova câmera e com ela adquirir mais conhecimentos para poder assim futuramente retornar ao Brasil com mais experiência.

O assunto  abordado neste post será fotografia em “Shows Musicais”

Acho que muitos aqui tem ou já tiveram vontade de fazer fotos em shows, e com certeza muitos aqui também já tem o conhecimento ou gostariam de te-lo para futuramente conseguir fazer belas fotos do gênero.

Friso aqui que todo fotógrafo tem seu próprio estilo, suas técnicas e não necessariamente um fotógrafo está errado por fazer de outra maneira.

Deixando claro isso, a primeira dica é  “Não se abstenha às REGRAS”, procure antes de mais nada conhecer como funciona e para que serve cada minima função de sua câmera, pois só tendo total controle sobre suas funções é que você terá um resultado satisfatório.

Aqui no Japão, a maioria das casas onde são realizadas shows de bandas ou cantores famosos proibem a entrada de câmeras fotográficas, desde as mais compactas às profissionais.  Aos desavisados que tentarem fotografar mesmo assim ou tirar fotos com celulares, saibam que estão correndo  o risco de serem retirados do recinto e ter o equipamento apreendido.   Para treinar, o ideal seria procurar locais onde são realizados frequentemente  shows de bandas e cantores “amadores”, lembrando que o nivel dos músicos e da estrutura dos shows voltados para nossa comunidade está muito bom.

Para conseguir clicar boas fotos em shows requer uma combinação de vários fatores e uma pequena adaptabilidade do fotográfo para diversas situações.


Alguns dos pontos básicos para se conseguir boas imagens:

Saber capturar a Luz Ambiente

Procure no palco em que direção a luz esta refletindo, normalmente em shows a iluminação é suficiente para boas fotos por isso o uso do flash não é recomendável pois usando este você estará “matando” a iluminação natural existente no local.

Procure vários ângulos, de baixo, de trás, acima, não se restrinja a fotografar em linha horizontal procure a luz que pode dar um efeito diferente nas suas fotos.


A luz costuma mudar frequentemente em shows, por isso tenho muita paciência para clicar na hora certa. Como já foi dito em outros posts aqui neste blog, fotografia nada mais é que “desenhar com luz”.


ISO e Velocidade do Obturador

ISO é a medida de sensibilidade a luz, ou seja no caso quanto menor o número (ex: ISO 100) menor será a  sensibilidade a luz e menos ruido (Pontos granulados) na foto teremos.  Quanto maior o número, maior será a sensibilidade e maior será a quantidade de ruido na imagem.

Em algumas câmeras semi-profissionais DSLR, o ISO começa a partir de 200 sendo que dobrando este número para 400, dobramos também a sensibilidade do sensor de imagem a luz.  Se mudarmos para ISO 800 dobraremos novamente o que ja tinhamos em ISO 400.

Simplificando, quanto maior o ISO, mais luz incidente será captada pela câmera obtendo assim imagens mais claras porém com mais ruido.

Em shows também temos a movimentação constante e às vezes muito rápida dos artistas ( metal e rock) , no caso a velocidade do obturador deve ser compatível para que não tenhamos vários “borrões” na nossa imagem.

Quanto maior a velocidade do obturador, menos luz entra no sensor de imagem e quanto menor a velocidade do obturador mais luz é captada pelo sensor,

Então esbarramos em um problema, se queremos luz e se baixarmos a velocidade do obturador para conseguir isso, estaremos ao mesmo tempo sujeitos a mais fotos borradas, pois ao baixar a velocidade do obturador estaremos deixando a luz entrar por mais tempo atravéz da lente.


A solução seria aumentar a sensibilidade do sensor (ISO) mesmo que para isso tenhamos que sacrificar um pouco de qualidade na imagem e te-la com um pouco mais de ruidos.

Toda câmera DSLR tem um fotômetro embutido que permite que você faça a regulagem que deseja a partir de suas informações,  então fica a critério de cada fotógrafo escolher a regulagem que mais lhe agrade de acordo com os resultados que busca.

Lentes

Existem hoje no mercado uma grande variedade de lentes para todos os tipos de bolsos, as mais modernas são equipadas com estabilizadores, que diminuiem relativamente os “borrões” para você que procura mais comodidade.

Lentes claras também ajudam muito na hora de fotografar eventos desse gênero, pois a maior abertura destas permite maior passagem de luz e tornando  assim possivel a maior velocidade do obturador, menor sensibilidade do sensor (ISO) e,  consequentemente menos ruidos nas imagens.

São consideradas lentes claras as lentes que tem abertura máxima de 2.8 f para baixo (exemplo: 2.8 f / 1.8 f / 1.4 f/ 1.2 f ). Quanto menos o número do “f” mais clara é a lente, ou seja mais luz ela consegue captar.


Dicas

Uma dica legal é também esperar o momento onde o artista para de se movimentar, um pouco para “puxar” uma nota mais alta e aproveitar pra clicar esse momento.


Ou se preferir podemos também ajustar a  velocidade  do obturador e tentar captar o movimento sem perder a nitidez da imagem de quem está sendo fotografado.


Se puder também tirar fotografias de silhuetas dependendo da direção da iluminação do local.


No caso, tudo é uma questão de prática, se não conseguir na primeira vez tente novamente, perseverança é uma virtude.

Espero que essas dicas sejam úteis a todos.

Abraços.

Miguel Funai – contatoillusion@live.com

Irina Arsentieva making off by illusion from Illusion team on Vimeo.

 

********************************************************************************************************

Conheça mais os trabalhos de Miguel Funai no site Illusion Photography
Fotos no álbum do Facebook – aqui
Acompanhe no twitter @MiguelitosJP
Trabalhos divulgados no  Portal Mie e visite seção Gata do Portal.

Citações favoritas: Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças…-Charles Darwin

“Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre   faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá.”- Ayrton Senna

*********************************************************************************************************

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=609

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »