«

»

mar 19 2011

Imprimir Post

Terremoto: passado o susto, aos poucos a esperança e a crença na reconstrução serão nossa batalha!

postado por Nilza Yoshida

Desde o dia 11 de março, temos presenciado imagens nas telas da TV que  surpreenderam, assustaram, horrorizam , e algumas pessoas presenciaram ao vivo. Desde aquele instante, nossos pensamentos, nossos corações e nossas orações são para todos aqueles que vivenciaram esta tragédia da natureza. Todos que acompanharam à distância aqui no Japão e também no mundo inteiro, ansiedade, preocupação e em alguns casos até pânico tomou conta de muitos.

Os números ainda não são exatos, a cada pronunciamento, aumentam… Como a cada dia um novo obstáculo, um novo problema procura desafiar os homens, a ciência, a tecnologia para controlar a situação decorrente dos abalos e do tsunami.
Mas aos poucos, o Japão vem vencendo os obstáculos. Ainda tem muito para ser feito, mas com certeza, pode contar com o apoio moral de toda a população, independente da nacionalidade. #euacreditonojapão, este é o sentimento de todos aqui. Cada um procura ajudar de alguma forma, conforme suas condições. E a soma do esforço de cada um, será o diferencial para o reerguimento deste país.


As palavras de Gavin Blair, do Estadão, ficaram gravadas na minha mente:

 

 É o espírito de um povo que construiu essa terra superpovoada e sem recursos a partir das cinzas da sua devastação na 2.ª Guerra, transformando-a num dos países mais avançados do mundo. Provavelmente será esse espírito que, mais do que qualquer outra coisa, ajudará o país a se recuperar de um dos piores desastres de que se tem memória.

 Esta também é a nossa história, participamos e contribuimos! Até uma semana atrás, era muito comum encontrar brasileiros reclamando deste do Japão, do sistema, da cultura, do povo, enfim, eram poucos os elogios, e demais as críticas. Hoje, na rede social, sentimos que os brasileiros já não são dekasseguis, e sim, brasileiros radicados, que defendem com orgulho e otimismo a breve reconstrução moral, material, tecnológica do novo Japão! #GambareNippon
Eu estava em Saitama, dia 17 de janeiro de 1995, quando vi horrorizada na TV, as primeiras imagens do Terremoto de Kobe, e por horas, dias, fiquei vendo e ouvindo o noticiário. Naquela época, a cidade não tinha muitos  estrangeiros, somente os poucos que trabalhavam na mesma fábrica. Tinha um jornal que circulava pela comunidade, mas não era semanal, e dificil de ser encontrado, somente em outras cidades. Não tinhamos internet nem celulares. Somente a TV e um monte de dúvidas e medos do desconhecido. Naquela época quase que não senti os abalos, devido a distância.
Dia 11 de março de 2011, senti um tremor leve mas muito longo, era o terremoto acontecendo em Miyagi, e desta vez, também estava longe da área afetada, agora em Aichi. Mas com uma diferença grande: desde o primeiro minuto, muitos brasileiros estavam conectados pela rede social, e outros conseguiam contatos pelos celulares. Em poucos minutos o Brasil já retransmitia as imagens dos abalos… O mundo assistia a maior tragédia natural dos últimos tempos…
Passados 16 anos após KOBE, hoje os brasileiros tem mais acesso à informação graças à internet, à circulação de diversas revistas e anteriormente pelos jornais que circularam na comunidade. As prefeituras mantem interpretes e tradutoras, oferecendo serviços e material para orientação em português. Informação é importante, faz a diferença!
A rede social (twitter, facebook, orkut) junto com as comunidades (Portais, revistas, NPO, instituições, academias, escolas, etc) tem conseguido informar, ouvir, esclarecer, acompanhar, buscar respostas para as dúvidas deste momento único. É o esforço de cada um fortalecendo laços, convicções, ideais. Agradecemos a todos que vem nos acompanhando, nos apoiando, nos fortalecendo.

Abaixo postarei alguns videos que vale a pena ver!

 

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=809

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »