«

»

out 29 2012

Imprimir Post

BIG ONE e o papel fundamental do Tokyo Sky Tree em caso de grande terremoto em Tokyo.

Japan Today publicou dia 29/10/2012 um artigo com o título  < Tokyo prepares for the ‘Big One’ >

Big One é a referência dada um um terremoto grandioso, tão esperado pelos especialistas com possibilidade de ocorrer em Tokyo, atualmente com 12 milhões de habitantes.

Em janeiro de 2012 foi divulgado um estudo pela equipe de pesquisadores da Universidade de Tokyo sobre o risco  de 70% da região de Kanto, incluindo Tokyo ser atingida por um grande tremor nos próximos quatro anos, um cenário mais alarmante do que o oferecido pelo governo. Naoshi Hirata, professor doTokyo University Research Institute, disse que o risco de um grande terremoto pode ter subido devido ao terremoto de 9,0 graus de magnitude que atingiu o marco 2011 ao largo da região de Tohoku, e consequente tsunami.

A previsão fornecida pela pesquida  do governo é de 70% dentro de 30 anos baseado na freqüência de terremotos de magnitude 7 classe que ocorreram no passado. De 1885-2004 cinco terremotos dessa classe têm ocorrido no sul de Kanto. Esta frequência de uma a cada 23,8 anos foram usados ​​para calcular a probabilidade de um sismo classe magnitude 7 atingindo nos próximos 30 anos.

Desde o desastre de março, a atividade sísmica vem intensificando na região de Kanto  e terremotos com magnitude de mais de 3,0 ter ocorrido cerca de cinco vezes mais do que em anos normais(subiu para 343 no período de seis meses após o terremoto de março, em comparação com apenas 47 nos seis meses antes).

No entanto, desde setembro do ano passado, o número de terremotos tem vindo a diminuir e, em janeiro deste ano, a probabilidade de um terremoto de magnitude 7 classe ocorrência foi menor, calculado para ser 25 a 60 por cento em cinco anos. O número de terremotos que ocorrem em um momento específico faz com que a previsão para mudar de acordo.

Quatro placas principais de crosta da Terra afetam grandemente Japão. A América do Norte e da Eurásia placas sobre a qual o arquipélago japonês senta, a Placa das Filipinas, que mergulha sob essas duas placas do sul, e a Placa do Pacífico, que afunda ainda mais baixo sob a Placa das Filipinas.

Como tal, existem vários tipos de tremores de terra, que poderiam atacar Tóquio, incluindo tremores Interplate, que ocorrem na fronteira entre duas placas, tremores intraplaca, que ocorrem no interior da placa, e terremotos falha ativa.

Então, que tipo de terremoto vai ocorrer?

A maior parte dos sismos de magnitude sete  que ocorreram entre 1885 e 2004 tenham sido do tipo intraplaca, e este é o tipo mais provável de atingir, no futuro. No entanto, o risco de ocorrência, tanto para Interplate e tipos de falhas ativas é dito para ser também aumentar devido ao efeito catalítico de 11 de Março de sismo.

A torre Sky Tree e a prevenção contra o BIG ONE

Tokyo Sky Tree, a torre mais alta de radiofusão digital do mundo com 634 metros de altura foi construída utilizando a mais avançada tecnologia  também no sentido de prevenção contra desastres, servindo de exemplo como estrutura equipada com recursos para prevenção de catástrofes.

Tokyo SKy Tree está situada na região de Sumida em Tokyo, com 230,000 habitantes, uma região que muito preocupa os governantes em caso de BIG ONE, composta de prédios modernos com arquitetura moderna e resistente, também encontramos em contrapartida,  regiões com ruas estreitas demais e casas muito antigas de madeira, um retrocesso pitoresco ao Japão do passado. Região que pode ser destruída com desabamentos e incêndios, dizem os especialistas.

Para lidar com estas dificuldades, os moradores participam regularmente de treinamentos contra incêndios, simulações de evacuação em caso de desastres. Autoridades da cidade  promovem a melhoria de sistemas de alerta de terremoto, planejamento de evacuação e redução de desastres.

A polícia efetua treinamentos e simulações  de suspensão de tráfego em cerca 120 pontos estratégicos no centro de Tóquio para se dedicar às pistas de emergência e veículos militares enquanto os passageiros serão orientados à zonas seguras das estações de trem.

Cerca de 8 bilhões iene tem sido investido em recuperação, reformas e construção de casas de  madeira e limpando ruas sem saída que impeçam os moradores de fugir. “As pessoas querem viver e trabalhar aqui. É por isso que estamos trabalhando para tornar a área mais resistente a terremotos e incêndios “, disse Shigemoto Saara, chefe de uma associação de moradores locais.

Nos últimos cinco anos, cerca de 300 sismógrafos foram instalados em escolas de Tóquio a um custo de mais de 1,0 bilhões de ienes, a transmissão de dados a uma autoridade central.

A torre de comunicações teria um papel fundamental em qualquer desastre futuro com câmeras móveis que monitoram a área e pode ajudar a aliviar uma evacuação em larga escala, diz Koji Sudo, chefe da unidade Sumida de prevenção de desastres. “Um incêndio seria imediatamente detectado pelas câmeras, por isso faz a evacuação mais fácil e as pessoas podem ser guiados para zonas seguras”, disse ele.

Dentro da torre há um centro de observação associada aos satélites conectados aos serviços de emergência. Lá fora, os tanques estão cheios de milhares de toneladas de água para ajudar a reprimir qualquer incêndio. “Nós temos uma fonte de energia autonoma que vai durar três dias e nossa própria rádio e sistema de transmissão de telefone”, disse Sudo.

Referência – Japan Today  Tokyo prepares for the ‘Big One’

Fonte: Asahi Shinbun – Have chances of the ‘big one’ striking Tokyo increased?

Leituras recomendadas

Governo aumentou a estimativa de riscos de um Terremoto de Shindo7 em Tokyo. Qual a diferença entre magnitude e shindo?

Possibilidade de ocorrer um grande tremor em Chiba, segundo estudos do governo japonês.

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=8845

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »