«

»

dez 19 2012

Imprimir Post

Vômitos, diarréias, dor estomacal: Norovírus. O que fazer ao ser infectado. Como prevenir!

 

As autoridades japonesas estão fazendo alertas à população para que tomem medidas de prevenção. As infecções costumam ser coletivas, geralmente por consumo de alimentos contaminados preparados por pessoas infectadas ou na utilização de ingredientes impróprios. O surto acontece no inverno porque o vírus fica mais resistente no frio.
Em uma pessoa saudável, os sintomas como diarréia, ânsia de vômito, dor na barriga e, às vezes, febre não superior a 38 graus centígrados costumam durar de um a dois dias, segundo o site do Ministério da Saúde. A recuperação acontece naturalmente depois desse período. Porém, os idosos com o sistema imunológico debilitado podem até morrer.

CUIDADO COM A INFECÇÃO ESTOMACAL EPIDÊMICA

CAUSADOS POR NOROVÍRUS-NLV

 

Como são publicados nos jornais e TV, pela vinda repentina do frio estão aumentando o número de pessoas contaminadas com“infecção estomacal epidêmica ”(gripe estomacal) causada por um grupo de viroses conhecidas por norovírus (anteriormente conhecidos como ‘’Norwalk-like viruses”).

Os norovirus são altamente contagiosas e os principais agentes de infecção não-bacteriana, causa de gastroenterites em muitos países.

Esta infecção epidémica ocorre sobretudo no Inverno, devido à alto consumo das ostras frescos, amêijoas, conchas bivalve etc. que são portadores do vírus.

Pessoas de todas as idades podem ser contaminadas com a infecção, mas as crianças mais velhas e os adultos tendem a apresentar sintomas mais graves. Além disso, como existem muitas cepas desses vírus, as pessoas podem contrair essa infecção várias vezes durante a vida.

 

1.     Onde são encontrados os norovírus

 Os norovírus são encontrados principalmente nas ostras, amêijoas, e nas águas e comidas contaminadas com o vírus. São espalhadas mediante contato com excreções, vômitos e diarreia de pessoas infectadas, no qual concorre para alta transmissibilidade. Os surtos ocorrem com mais frequência onde há concentração de pessoas em áreas de tamanho reduzido, como, por exemplo, em casas para idosos, escolas, infantários, restaurantes, eventos servidos por bufês e navios de cruzeiro, etc.

Instituto de Pesquisa de Doenças Infecciosas do Japão alerta para surto de norovírus com mutação. Dados da primeira semana de dezembro de 2012 revelam que cada hospital atendeu em média 18 pacientes. Outras noticias veiculadas pela NHK….

 

2.     Sintomas de norovírus

Esta doença geralmente tem início súbito e a pessoa infectada pode se sentir muito mal.

Sintomas principais: vômitos, diarréias, cólica estomacal.

Sintomas menos comuns: náuseas, febre baixa (na maioría dos casos com menos de 38°), calafrios, dor de cabeça, dores musculares, fatiga, mal estar.

A incubação da infecção é usualmente de 1 a 2 dias em geral, porém, o norovírus ficam nas fezes e vômitos de pessoas infectadas durante 2~3 semanas.

Podem surgir complicações. Crianças geralmente vomitam mais do que adultos.

Se você ou seu filho tiver diarréia persistente (com ou sem febre), ou se a diarréia for muito forte, telefone para seu profissional da saúde e peça aconselhamento.

CUIDADO COM NOROVIRUS - sintomas - Blog Suriemu

 3.       Como os norovírus se espalham

O período de comunicabilidade da infecção é desde o início da doença até pelo menos 48 horas após a recuperação. Para causar infecção, o norovírus precisa ser ingerido.

As pessoas podem ser infectadas com o virus nos seguintes casos:

 - Ao tocar superfícies ou objetos infectados com o norovírus durante a limpeza de fezes ou vômitos de pessoas infectadas, e depois tocar a própria boca, nariz ou olhos.

 - Ao ter contato de pessoa a pessoa (com uma pessoa infectada) ao:

  ♦ estar presente enquando alguém está vomitando

  ♦ dividir comidas, bebidas ou comer usando os mesmos talheres

  ♦ cuidar de uma pessoa doente

  ♦ apertar as mãos de alguém. O contato íntimo com uma pessoa infectada

  – Deixar de lavar as mãos depois de usar o banheiro ou trocar fraldas, e antes de comer ou preparar alimentos.

  – Existem casos que é infectada pela boca e nariz, por causa do norovírus espalhados rápidamente no ar ao secar as roupas, toalhas etc..

  – Os alimentos podem ser contaminados por pessoas infectadas que trabalham no ramo de alimentação. Alguns alimentos, como ostras e frutas silvestres (berries), podem ser contaminados pelo norovírus antes de serem entregues a restaurantes ou lojas, caso entrem em contato com água contaminada.

 

4.  Prevenção

 Atualmente não há vacina contra a infecção por norovírus. A melhor maneira de prevenir esta doença é adoptar e manter como padrão, medidas adequadas de higiene pessoal, de higiene alimentar e ambiental.

 - Esta doença é infectado quando a pessoa não tem resistência física suficiênte, portanto, e importante descançar o suficiênte. Proteger bem do frio com roupas adequadas.

 - Lave as mãos com frequência, depois de usar o banheiro ou trocar fraldas e antes de comer ou preparar alimentos.

 - Verifique se todas as áreas utilizadas na preparação de alimentos estão limpas antes de usá-los.

 - Cozinhe bem os alimentos, principalmente as ostras, espécie de amêijoas (dig clams). Lave todas as frutas e hortaliças (verduras, legumes).

 - Quando viajar para um local em que a água possa estar contaminada, beba água mineral, sucos e refrigerantes engarrafados, de preferência com gás, e não coloque gelo.

 - Após crises de vômitos ou diarréia, limpe imediatamente as superfícies contaminadas com produto de limpeza contendo água sanitaria e use máscaras e luvas de vinil.

 - Troque o ar do quarto constantemente.

 - As pessoas que estão com este tipo de sintomas, aconselhamos não  tocar nas comidas ou preparar alimentos.

A prevenção primordial de uma epidemía é lavar as mãos e gargarejo! 

lavar bem as maos - cuidados com norovirus - Blog suriemu

5. O que fazer ao ser infectada por norovírus

Procure um médico. Comunique escola, local de trabalho e familiares.

Beba muito líquido. Lave as mãos com frequência. Boa alimentação e descanso.

Como evitar a contaminação e ao alastramento dos norovírus:

- As mãos devem ser sempre lavadas com sabão e água corrente após utlização das instalações sanitárias.

- Utilize máscaras e luvas de vinil no tratamento das excreções, fezes e vômitos de doentes, e lave logo de seguida as mãos.

- Limpe com cuidado com lenços de papel e outros, as fezes e vômitos de pessoas infectadas para evitar o espalhamento do virus.

- Lave em separado as roupas, toalhas sujas com vômitos e fezes.

- Limpe e desinfecte lençóis, roupas e objetos de higiene com uma solução de alvejante de cloro (1000 ppm de cloro) diluída durante 30 minutos..

- Desinfete o chão com pano molhado com alvejante de cloro (200 ppm de cloro).

- Evite secar as fezes e vômitos de pessoas infectadas para não espalhar a doença no ar.

- Evite apertar mãos durante surtos.

Para desinfetar e limpar o local do vômito e diarréia – HIPOCLORITO DE SÓDIO

O álcool não tem eficácia no caso de norovírus. É recomendado utilizar o Hipoclorito de sódio. Em japonês 【 次亜塩素酸ナトリウム(じあえんそさんナトリウム、sodium hypochlorite)】

Uma solução de hipoclorito de sódio é usada frequentemente como desinfetante e como agente alvejante; na verdade, é frequentemente chamado por apenas “alvejante”, embora outros produtos químicos sejam chamados assim também.

No Brasil, o agente branqueador água sanitária é o hipoclorito de sódio, o qual é produzido pela reação do cloro com o hidróxido de sódio, é um composto químico para limpeza e desinfecção de superfícies e tem a fórmula química NaClO. É muito utilizada como agente clareador (alvejante) e possui excelente ação bactericida. Dissolve substâncias orgânicas mortas. Também é reativa com componentes à base de amoníaco. No Brasil, é popularmente chamada de “cândida” em São Paulo, “Q-Boa” no Centro-Oeste e Nordeste, e “clorofina” no extremo sul do país, nomes que derivam de marcas populares do produto.

No Japão muitos produtos também contem o hipoclorito de sódio que podem ser utilizados em substituição à solução pura. Preste atenção na composição:

Norovirus - cuidados e prevenção - hipoclorito de sódio - blog Suriemu

Agora vamos ao procedimento de limpeza do vômito, conforme o video abaixo:

youtu.be/1FJA0wrdRmI

(este vídeo é bem simplificado e curto. Quem desejar ver um vídeo mais detalhado acesse youtu.be/1FJA0wrdRmI - está em japonês também)

1. Providenciar material: hipoclorito de sódio, saco plástico, máscara, luvas descartáveis, avental descartável, papel toalha absorvente, jornal.

2. Abrir a janela para ventilar.

3. Colocar máscara, luva descartável (recomendável colocar duas, reforçando) e avental. Não permitir que outras pessoas estejam por perto. Colocar o saco plástico dentro de uma lixeira.

4. Cobrir o local com papel toalha, e jogar uma por cima a solução dissolvida de hipoclorito de sódio. Deixar por 1 minuto. Com a ajuda de papel toalha recolher o material, com movimento de fora para dentro e colocar no saco plástico. Não use movimentos apressados e bruscos. Remova lentamente para não espalhar o vírus.

5. Em 1 litro de água coloque duas tampas de hipoclorito de sódio. Jogue um pouco desta solução dentro do saco plástico por cima do material recolhido . Feche bem o saco plástico. Se for o caso, coloque dentro de outro saco plástico para evitar qualquer vazamento.

6. Para limpeza do assoalho, coloque papel toalha, joque a solução e deixe por 10 minutos. Recolher e jogar dentro do saco plástico. Repetir esta operação até estar totalmente limpo. Se for carpete, mais cuidado na limpeza.

7. Jogue no saco plástico as luvas, o avental, máscara e feche bem. Jogue no lixo normal (lixo que queima)

8. Lavar bem as mãos.

 

6.         Tratamentos

 Os Antibióticos não têm qualquer indicação, por se tratar de uma infecção viral. O tratamento dos sintomas consiste em repouso suficiente e ingestão de grande quantidade de água para repôr os fluidos perdidos, pois vômitos e diarréia podem causar desidratação. Se os sintomas persistirem ou piorarem , consulte seu profissional da saúde.

 

7.     Existem restrições para pessoas com norovírus

Sim. Como o norovírus pode ser facilmente transmitido para outras pessoas, os profissionais da saúde são obrigados por lei a relatar os casos de infecção à posto de saúde local. Essa lei também se aplica aos funcionários de escolas, programas domiciliares, creches e clínicas que fornecem alimentação, tratamento bucal ou administram medicamentos a clientes ou pacientes.

 

Um resumo que poderá ser colocado no mural da escola, da empresa, da fábrica, do condomínio para orientar todos os brasileiros:

 

IMPORTANTE: Somente um médico pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.  As informações aqui disponíveis  possuem apenas caráter educativo. 
As informações aqui contidas não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.

  Leituras complementares:

Blog Dicas de Saúde Saiba o que é norovírus

Revista da Associação Médica Brasileira Norovírus: uma visão geral

 

Fonte: Ministério da Saúde, Trabalho e Bem Estar Social do Japão

 

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=9517

One comment on “Vômitos, diarréias, dor estomacal: Norovírus. O que fazer ao ser infectado. Como prevenir!

  1. Oi, nossa, eu estou com novíros ! É muito grave? =’(

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>