«

»

dez 24 2012

Imprimir Post

Saiba qual a possibilidade de ocorrer em sua província um grande terremoto nos próximos 30 anos.

O Conselho de Estudo sobre Terremotos, um órgão do governo japonês, divulgou dia 21/12/2012 um novo levantamento que projeta a probabilidade de ocorrerem abalos sísmicos no arquipélago nos próximos 30 anos.  As informações veiculadas na mídia japonesa e internacional poderão ser encontradas neste link http://www.jishin.go.jp

Desde 2005, o levantamento é feito anualmente pelo Conselho de Estudo sobre Terremotos. No ano passado, porém, o estudo não foi feito por causa do abalo de 9,0, que mereceu uma longa análise por causa da sua grande intensidade.

Estudos realizados projetaram possiblidade  de nos próximos 30 anos, ocorrem grandes terremotos com intensidade superior a Shindo 6 fraco.

 

Membros do governo da Comissão de Investigação de Terremoto divulgaram no dia 21 de dezembro de 2012 ,  as estimativas, pela primeira vez em dois anos. No site do governo foi divulgado a tabela abaixo:

Especialistas sísmicos japoneses atualizaram suas projeções do risco de terremotos para as principais cidades do país ao longo dos próximos 30 anos. Traduzimos as províncias e respectivas Capitais e ordenamos da maior para menor possilidade em porcentagem:

Provincia e Capital
2012 %
2010 %
1 Shizuoka – Shizuoka 89.7 89.8
2 Mie – Tsu 87.4 85.9
3 Chiba – Chiba 75.7 63.8
4 Kanagawa – Yokohama 71 66.9
5 Nara – Nara 70.2 67.7
6 Kouchi – Kouchi 66.9 63.9
7 Hokkaido – Nemuro 65.3 63.9
8 Tokushima – Tokushima 64.2 61.2
9 Osaka – Osaka 62.8 60.3
10 Ibaraki – Mito 62.3 31.3

♦ Em comparação com dois anos atrás, a probabilidade de tais tremores aumentaram acentuadamente na região de Kanto, que inclui Tokyo, principalmente como resultado de estimativas atualizadas para terremotos no mar, como o terremoto de magnitude 9- em março do ano passado.

♦ As cidades com os mais altos riscos estimados no Japão foram Shizuoka, com 89,7 % e Tsu com 87,4 %. Ambos estão em uma região considerada vulnerável a terremotos, principalmente originários da Calha Nankai.

♦ Os especialistas dizem que a cidade de Chiba, nos arredores de Tokyo, enfrenta agora uma chance de 75,7 % de um terremoto de 6- dentro de 30 anos – quase 12 pontos percentuais a mais do que projeções em 2010.

♦ O valor para o porto da cidade de Yokohama ficou em 71%. Em Tóquio, o valor era de 23,2 %.

♦ Em comparação ao último estudo, de 2010, o maior aumento foi em Mito, capital da província de Ibaraki, que pulou de 31,3 por cento para 62,3 por cento a possibilidade de ocorrer um terremoto dentro de 30 anos.

As demais cidades foram classificadas da seguinte forma:
Provincia e Capital
2012 %
2010 %
11 Yamanashi – Kofu 55.4 55.3
12 Wakayama – Wakayama 51 48.2
13 Oita – Oita 50.2 48.6
14 Hokkaido – Kushiro 47.3 46.3
15 Aichi – Nagoya 46.4 45.3
16 Miyazaki – Miyazaki 45.5 45.2
17 Kagawa – Takamatsu 44.1 41.9
18 Ehime – Matsuyama 35.7 34.2
19 Saitama – Saitama 27.3 22.4
20 Okinawa – Naha 24.5 24.9
21 Okayama – Okayama 23.8 22.6
22 Tokyo – Tokyo 23.2 19.6
23 Hiroshima – Hiroshima 20.7 20.2
24 Kobe – Kobe 19.2 17.8
25 Gifu – Gifu 17.7 17.2
26 Hokkaido – Hidaka 15.7 14.7
27 Kagoshima – Kagoshima 15.3 15.4
28 Kyoto – Kyoto 13.6 13.1
29 Nagano – Nagano 12.1 12.1
30 Fukui – Fukui 11.4 11.2
31 Shiga – Otsu 11.1 10.7
32 Hokkaido – Tokachi 10.9 10.6
33 Akita – Akita 7.7 7.7
34 Niigata – Niigata 7.1 7.2
35 Tochigi – Utsunomiya 6.2 1.6
36 Toyama – Toyama 5.7 5.7
37 Saga – Saga 4.9 4.9
38 Kumamoto – Kumamoto 4.9 4.9
39 Tottori – Tottori 4.1 4.1
40 Fukuoka – Fukuoka 3.9 3.8
41 Yamaguchi – Yamaguchi 3.2 3.2
42 Hokkaido – Sorachi 3.1 4.6
43 Miyagi – Sendai 3.1 4
44 Hokkaido – Iburi 3 2.8
45 Fukushima – Fukushima 3 0.9
46 Hokkaido – Shiribeshi 2.9 3.1
47 Ishikawa – Kanazawa 2.8 2.8
48 Gunma – Maebashi 2.6 2.5
49 Aomori – Aomori 2.5 2.1
50 Yamagata – Yamagata 2.3 2.3
51 Shimane – Matsue 2.1 2.1
52 Iwate – Morioka 1.5 0.7
53 Nagasaki – Nagasaki 1.3 1.3
54 Hokkaido – Rumoi 0.9 1
55 Hokkaido – Abashiri 0.8 0.8
56 Hokkaido – Sapporo 0.6 1.2
57 Hokkaido – Ishibari 0.6 1.2
58 Hokkaido – Hakodate 0.6 0.5
59 Hokkaido – Soya 0.4 0.9
60 Hokkaido – Hiyama 0.3 0.3
61 Hokkaido – Kamikawa 0.2 0.2

 

Considerações importantes:

(1)   Com base em dados de terremotos do passado e sua intensidade, os estudos calcularam a probabilidade das cidades serem atingidas por um terremoto com uma intensidade mínima de 6- (menos). A escala japonesa vai de zero a 7.

A Agência Meteorológica diz que um tremor de 6- é difícil para as pessoas ficarem em pé e podem causar grandes rachaduras no chão.

(2)  O chefe do Comitê de Investigação de Terremotos disse que as pessoas em áreas de risco, onde as projeções saíram relativamente baixas não devem erroneamente pensar que estão a salvos de fortes tremores. O presidente Yoshimori Honkura diz que as autoridades das cidades e os moradores devem usar as projeções para melhorar a sua preparação contra terremoto.  

Pela experiência recente do Grande Terremoto de Tohoku, em 11 de Março, sabemos que um grande terremoto poderá desencadear muitos fortes tremores nas regiões ao redor, atingindo muitas províncias vizinhas e até distantes.

(3)  Dependendo do epicentro e da intensidade de um grande terremoto, o TSUNAMI desencadeado poderá afetar diretamente muitas outras províncias com baixas projeções de tremores.  Assim, os danos causados poderão ser ampliados mais ainda.

A imagem abaixo foi divulgado no Jornal Chunichi Shinbun, refere-se a um gráfico com projeções de vítimas por província em caso de tsunami ocorrendo o Tokai Jishin.

(4)   A cada ano que passa novos estudos sobre calhas e movimento de placas tectônicas são analisadas, novas tecnologias de medição e aparelhos são introduzidos para ajudar na coleta de informações, por isso, projeções podem ser alteradas de um ano para outro.

Um exemplo disso é aumento foi em Mito, em comparação ao último estudo de 2010,  pulou de 31,3 por cento para 62,3 por cento a possibilidade de ocorrer um terremoto dentro de 30 anos.

Veja este estudo publicado pelo governo. À esquerda projeção em 30 anos realizado em 1980, {Em comparação ao último estudo, de 2010, o maior aumento foi em Mito, capital da província de Ibaraki, que pulou de 31,3 por cento para 62,3 por cento a possibilidade de ocorrer um terremoto dentro de 30 anos. À direita, o mapa mostra os locais onde realmente ocorreram os terremotos acima de Shindo 6 fraco.

Fonte: Portal Web News, Alternativa Online, IPC digital, Comite de Investigação de Terremoto do governo japonês

 

Leituras recomendadas.

 Leia este artigo completo sobre o Tokai Jishin, Nankai e Tounankai Jishin, que envolvem  tremores fortes principalmente na calha de Nankai : Shizuoka, Aichi, Mie e o ocorrência de tsunami em quase toda a costa japonesa.

Com relação às centenas de falhas existentes no arquipélado, além da Falha de Nankai, destacamos algumas para conhecimento:

 

No blog da Suriemu você encontrará vários artigos referentes à prevenção de Terremotos 

 Saiba mais sobre o terremoto de Tokai, Tonankai e Nankai  Como o brasileiro deve prevenir-se contra o Terremoto de Tokai?   O que fazer quando acontecer! Grande terremoto de Tokai e Tonankai são inevitáveis, virão com certeza! Vamos pensar e prevenir juntos!   Moradores de MIE – Informações sobre prevenção do terremoto de Tokai, Tonankai e Nankai -* Pref Mie
   Medo do Jishin? Porque devemos nos preparar para terremotos?… Grande terremoto de Kanto, Tokai, Tonankai, Nankai    Prevenção do Terremoto (jishin) de Tokai : Orientação de Hamamatsu, dicas da experiência dos Bombeiros no terremoto de Kobe  Como é feito o treinamento de prevenção contra calamidades e catástrofes? Participe sempre dos treinamentos!!    A importância de participar da Simulação de Terremoto como medida de prevenção em caso de desastres.  
  Prevenção contra Terremoto e calamidades naturais: Faça seu Kit de Emergência!   Medidas preventivas do governo em caso de desastres: J-ALERT & evacuação precoce     De repente se ocorrer um terremoto… Hamamatsu: site em português com orientação para prevenção do Terremoto de Tokai.     Nagoya: prevenção contra tsunami. Locais de refúgio em caso de catástrofes 
 Em caso de grande terremoto, os mais altos edifícios de Tokyo resistirão aos abalos?  Os 10 maiores terremotos do Japão!   Guia prático para desastres naturais para residentes estrangeiros no Japão.  Preparando-se para calamidades naturais. Proteção contra tsunami em caso de terremoto. Orientação da prefeitura de Osaka.

 

 Mais informações sobre a divulgação de estudos realizados pelo governo japonês, acessar este link http://www.jishin.go.jp

Link permanente para este artigo: http://blog.suri-emu.co.jp/?p=9560

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Translate »